16 de mar de 2011

Atualização

Pessoal, não estamos dando conta de responder a todas as mensagens, seja por email ou Facebook, que estamos recebendo. Agradecemos todo o apoio, torcida e preocupação. Espero que esta mensagem possa tranquilizar um pouco a todos. É meio inútil tentar tranquilizar todo mundo com as notícias que saem na imprensa sobre a evolução do cenário - mais problemas na usina, a comunidade estrangeira em pânico, alguns países anunciando retirada de nacionais, etc. A situação é grave, não é só sensacionalismo, mas lembrem-se que notícia boa não vende jornal.

Mas saibam que estamos bem, ficaremos em Tóquio e, mais importante, ficaremos bem. 

Estamos em contato permanente com outras Embaixadas e com a CNEN, o cenário é realmente muito grave e talvez possa piorar, mas o consenso é que não estamos diante de algo na mesma escala de Chernobyl e que os japoneses estão fazendo tudo que deve ser feito em uma situação como essas.

Tóquio está a 250km da usina e não está na zona de perigo à saúde, mesmo se tudo o que está sendo feito não for suficiente para conter a situação. Os níveis de radiação estão sendo monitorados aqui, como em todo o país. Estão dentro da faixa segura e a população está recebendo orientação sobre medidas de prevenção. 

O pânico é agora mais perigoso que a radiação. Temos plena e total confiança no Embaixador Marcos Galvão e na equipe da Embaixada. 

E pensem também nos outros milhões de japoneses que permanecem em Tóquio. Estamos todos buscando economizar energia, atentos ao que acontece ao norte. A cidade está irreconhecível de tão escura e faltam coisas no supermercado porque todos parecem estar sobre-estocando. Mas no colégio aqui ao lado de casa as aulas prosseguem, a criançada está brincando no playground.

Nenhum comentário:

Postar um comentário